Sobre

Você está acessando a página da Iniciativa Brasileira de Negócios e Biodiversidade. Aqui você terá acesso a informações sobre como o setor de negócios no Brasil tem endereçado a questão da Biodiversidade em sua gestão e também poderá ter acesso a estudos de caso, metodologias e melhores práticas.

O objetivo da Iniciativa é servir como uma plataforma inclusiva onde a informação será a chave para o engajamento do setor produtivo, abrindo um canal para diferentes iniciativas e organizações compartilharem o trabalho que vem desenvolvendo, onde a biodiversidade e o uso sustentável dos negócios tem um papel reconhecidamente estratégico.

CONTEXTO INTERNACIONAL

A Convenção da Diversidade Biológica da ONU vem já há algum tempo explorando novas maneiras de aprimorar a colaboração do setor privado no alcance das metas da CDB. A 8ª Conferência das Partes (COP 8), realizada em Curitiba no ano de 2006, menciona pela primeira vez em suas decisões a necessidade iminente do envolvimento do setor empresarial com a conservação da biodiversidade. Essa tendência foi se fortalecendo, culminando com a decisão da COP 10, em Nagoya, em 2010, que, entre outros elementos, determina que o Secretariado da CDB deve estimular o estabelecimento de iniciativas nacionais e regionais de negócios e biodiversidade, por meio da facilitação de um fórum de diálogo entre governos, negócios e outros stakeholders com foco no âmbito global.

Assim, o Secretariado se comprometeu a estimular a criação de iniciativas de negócios e biodiversidade em nível nacional, bem como oferecer mecanismos para a facilitação da comunicação entre as várias iniciativas no nível global. Entre os mecanismos oferecidos, o Secretariado procurou contatos chave em diferentes países para a realização de workshops nacionais de negócios e biodiversidade, buscando avaliar o interesse dos vários stakeholders na criação da iniciativa, bem como identificar organizações no nível local que pudessem vir a viabilizar o trabalho.

Como parte desse processo, a CDB lançou, no final do ano de 2011, a Plataforma Global de Negócios e Biodiversidade, que deverá assumir um importante papel na disseminação de informações entre as inúmeras iniciativas, na facilitação do diálogo entre stakeholders de todo o globo e na apresentação de inovações na área de conservação e pesquisa de novas ferramentas que possam ser utilizadas pelo setor de negócios na inserção da temática biodiversidade em suas estratégias de gestão, além de outros inúmeros benefícios que a plataforma promoverá. Desde então, o Secretariado vem ajudando na instauração de iniciativas em todos os países, oferecendo oportunidades para que essas iniciativas interajam de maneira positiva.