Certificação LIFE

Certificação LIFE

Certificação LIFE

Brasil Website +55 41 3253-7884

Aproximadamente 40% da economia mundial baseia-se em produtos oriundos da biodiversidade ou de seus processos ecológicos. A necessidade de conservar a biodiversidade por meio da manutenção do patrimônio natural e intensificação do envolvimento do setor produtivo com as questões ambientais configurou o cenário para a criação da Certificação LIFE.

O que a Certificação LIFE propõe é uma avaliação dos impactos à biodiversidade por parte da organização e a subsequente mitigação ou compensação dos referidos impactos através de uma gama de ações concretas para a conservação da biodiversidade que são contempladas com base em prioridades.

 

PRINCIPAIS DIFERENCIAIS DA CERTIFICAÇÃO LIFE

  • O sistema de Certificação LIFE tem foco primário em ações de conservação da biodiversidade
  • Baseia-se num sistema de governança tripartite – Academia, ONGs e Empresas
  • A metodologia foi construída por um time mutidisciplinar de especialistas em diferentes áreas para garantir fundamentação técnica e científica
  • Desenvolveu uma metodologia única que possibilita uma avaliação dos impactos da organização à biodiversidade ao mesmo tempo em que avalia e pontua ações de conservação que referida organização já possa ter em andamento

 

METODOLOGIA

Ao estimar os impactos de cada organização, a metodologia LIFE leva em conta 5 elementos que foram selecionados com base a) na relevância à perda de biodiversidade global; b) viabilidade de mensuração; c) disponibilidade de dados; d) possibilidade de obtenção de dados de organizações de qualquer porte ou setor:

 

  1. Geração de Resíduos
  2. Emissão de Gases de Efeito Estufa
  3. Consumo de Água
  4. Consumo de Energia
  5. Ocupação de Área

 

O principal objetivo ao estimar os impactos da organização é determinar um referencial que servirá de guia para as ações de conservação da biodiversidade que a organização deverá realizar. Em outras palavras, a Certificação LIFE avalia a gestão ambiental da organização através de um sistema de pontuação com o objetivo de propor um mínimo em ações de conservação que cada organização deverá realizar para a obtenção da Certificação.

 

As ações de conservação estão divididas em 5 grupos:

  • Áreas protegidas
  • Táxons de interesse para a conservação
  • Fragmentos e conectividade
  • Minimização de impactos à biodiversidade
  • Ações de âmbito global e estratégico para a conservação da biodiversidade

A governança do Instituto LIFE é tripartite, ou seja, todas as instâncias de governança possuem 33% de membros da Academia, 33% membros da Sociedade Civil e 33% membros do setor de negócios. Isso possibilita que todas as decisões no que refere o Instituto LIFE e a Certificação LIFE reflitam as tendências e necessidades de acordo com cada um desses segmentos.

O Instituto LIFE conta com 14 membros em sua equipe.